Destinos Interligados

Seguidores

Parceria

150x70
125x65
100x100
Tecnologia do Blogger.
sexta-feira, 21 de outubro de 2011

postheadericon UUUaaaaa.... Um amor para Recordar >.<'


       E aew meu povoo e minha povaa! Tudo bom com todos vocês??... Eu aqui, toda dolorida, com dor de cabeça, cólica, gripe e tudo que tiver direito e ainda estou aqui... Escrevendo pra vocês... O amor não é lindo?... Falando em amor, o livro escolhido de hoje foiiiii... ( luzes se apagam, batidas de tambores, unicórnios pelo ar) “ Um amor para recordar “, ta bom... Ta bom... Eu sei... Vocês já sabiam por que tem o titulo e a foto e tudo mais, o que que tem um pouco de suspense ?
    Digamos que esse livro, eu acho, que até os aliens conhecem ele, mas vamos concordar que a historia é liiinda, e merece um lugarzinho aqui... uma palavrinha antes de começarmos à E mais uma vez, Nicolas Sparks extrapola em sua criatividade e faz mais de 5 milhões de pessoinhas se comoverem com mais uma de suas belíssimas obras ß

    Landon Carter tem 17 anos, vive com os pais, literalmente com a mãe já que seu pai não para em casa afim de viagens a trabalho, enfim, mais um ano na escola e tudo vai do mesmo jeito de sempre, mesmos alunos, mesmos professores, mesmas festas e talz... Só que algo mudou. Algo que mudara a sua vida.
    Chega o Baile em honra aos alunos da escola, infelizmente, o lindinho do Landon está sem acompanhante para o baile, ‘ desesperado’, procura por alguém, por propósito ou culpa literalmente do destino, ele chama quem? , ele chama quem? , chama quem? ... Jamie Sullivan... Ok ok ela não era a mais ‘gostosa’ do colégio, muito menos a mais popular, usando sempre como roupa seu blusão vermelho e sua saia xadrez, e para completar sua listinha de esquisitice, levava consigo sua Bíblia para onde fosse, fazer o que? ... Era ela ou sua mãe... Santo Zeus... Lá foi ele, convida – lá, daí chega à frase que, pessoalmente, é a mais bonita...

Eu adoraria ir com você ( ao baile ) – ela disse, finalmente – mas com uma condição.
E o que é?
­– Você tem de prometer que não vai se apaixonar por mim. [AAAAAAAAAAAAAHHH... QUI COISA MAIS LIINDAA*------*, OWNTXEE FOFUXAAA]
    Ele aceita a proposta, vai ao baile, daí ela o chama para fazer o papel de Tom Thornton, o pai, no teatro da escola (Vocês vão entender melhor, a peça, quando lerem o livro) e daí tudo acontece, desdas brigas aos toques, com o tempo ele descobrira coisas que deixaram marcas para o resto de suas vidas... no final ele acaba com...fgewfuyewyddcefgctgf [AUSHAUHSASAHU – NÃO VOU CONTAR... LA LA LA LA LA LA]
   
   Sinopse: Landon, filho de uma família tradicional, tentava aproveitar ao máximo a liberdade que a pequena cidade de Beaufort, na Carolina do Norte, proporcionava-lhe, antes de entrar na universidade. Jamie, filha do pastor da cidade, estava longe de ser uma típica adolescente. Sempre carregava uma Bíblia consigo e era o tipo de garota que tirava as ervas daninha do gramado de alguém sem que lhe pedissem, ou parava o trânsito para ajudar crianças pequenas a atravessar a rua. Eram distantes as afinidades que poderiam aproximá-los, mas, após o baile de formatura, o amor aconteceu e as diferenças de Jamie e Landon acabaram por uni-los na descoberta da alegria, da dor da perda e, sobretudo, da força transformadora do verdadeiro amor. E não é por acaso que ambos viveram a história mais comovente de todos os tempos...
"No início você vai sorrir e, depois, chorar - não diga que não avisei."
                                                                                                        Landon Carter
    Espero que gostem, se gosto ou não, coloquem seus comentários aqui embaixo... E  isso é só  meus amores... Beijos, beijos, beijos... nwaaack !!! 

                                                                                               Tayná Teles
segunda-feira, 17 de outubro de 2011

postheadericon 1º capítulo - Eba, vizinha nova.

N/A: Bem, logo para começar, comentem e ela foi feita por mim e uma amiga [Jamjam]. Espero que gostem, beijos molhados de Mylena.
Pequenos avisos: O capítulo pode conter coisas inadequados para menos de 13 anos.


Eba, vizinha nova


Pov's Diego Bass


Bem, você deve estar lendo isso aqui porque não tem o que fazer, pois bem, eu tenho muito o que fazer, mas não vou ser grosseiro... Eu tenho educação.
Sou Diego Bass, tenho 17 anos, estudo na melhor escola de New Jersey , Lautner High School, sou muito popular e me considero um galinha,  ou como vocês quiserem me chamar, mas deu pra perceber que sou sincero, né? Meu pai, Nate Bass, é um dos maiores empresários de New Jersey junto com minha mãe, Karol Bass. Eles tinham viajado esse final de semana para o Brasil, eu queria fazer uma festa, mas não estava com pique, hoje estava fazendo algo que nunca pensei em fazer em minha vida, deitado na minha cama olhando para o teto, sem fazer NADA. DROGA, o mundo cheio de garotas e eu sem fazer nada, argh.
Fui a sacada do meu quarto junto com meu violão, um caminhão de mudança com uma Mercedes preta atrás, de lá saiu uma garota extremamente perfeita,seus cabelos eram repicados e batiam na metade das costas, seu cabelo era entre o liso e encaracolado com uma franja sobre seus olhos, não identifiquei-os já que estava de uma distancia muito longe, ela estava com uma calça jeans surrada com uma blusa branca colada ao corpo que vinha até metade da coxa e um all star preto, imaginei-a agora na minha grande casa, ela tinha um corpo muito... como posso dizer, espetacular e agora o meu final de semana ia ser melhor do que eu pensava. Do mesmo carro saiu um menino mais ou menos do meio tamanho, ele era moreno e lembrava o meu amigo Ryan, com seus cabelos desgrenhados, depois uma garota saiu, ela era muito bonita tinha um cabelo castanho claro bem liso, com a mesma franja, ela estava com um Ray Ban preto o que também me impedia de ver seus olhos, ela estava com um vestido branco colado ao corpo e um salto, eu mesmo não via sentindo as meninas usarem isso. Voltei a minha atenção a primeira garota, agora ela estava com uma bolsa de costas sobre o ombro direito, estava falando com o garoto e deu um abraço nele, se eu não estou enganado, ela parecia estar chorando, a outra menina também abraçou eles e acompanhou a menina no choro, somente o menino estava quieto a abraçando-as. Um senhor de idade que identifiquei como pai da menina de cabelos pretos a chamou... Como: Sofia.
“Sofia, Sofia, Sofia”, pensei sonhador.
O menino e a morena entraram na Mercedes, a Sofia entrou em casa, olhei para a sacada que tinha em frente da sacada do meu quarto e torci para ali ser o quarto da Sofia.  Meu telefone tocou e vi que era Hobert torci para ele não me chamar para sair.       
- Oi, pegador. – ele disse meu querido apelido.
- E ai, galanteador.
- Tá fazendo  o que?
- Secando minha nova vizinha, e você?
- Desde quando você tem uma vizinha nova?
- Desde de cinco minutos atrás, e então o que você está fazendo.
- Eu estou no Mc’Donalds e ... Uau.
- O que foi? – perguntei imaginando a besteira que ele ia falar.
- Acabou de entrar uma morena aqui só que tá acompanhada, poxinha. 
- Hm... Tá, eu tenho mais o que fazer, ok? Nos vemos segunda.
- Mas, antes, você sabe onde está o Ryan, já liguei duas vezes para ele e ninguém atende, eu marquei de ir naquela boate perto da minha casa se lembra?
- Ele ta com a namorada dele, a Vicky.
- Ainda não me acostumei com essa coisa de namoro... Me dá até medo, parece que ele não faz mais parte do grupo, sabe?
- Ele faz parte do grupo, só que com a Vicky, ela é super gente boa, mas tenho que ir mesmo, eu tenho que conhecer a minha nova vizinha. Tchau. – desliguei sem esperar por resposta.
Vesti a primeira camisa que vi e desci as escadas, torcendo para nenhuma empregada vir falar comigo, o que deu certo, agradeci a todos os santos e fui em direção a casa da minha nova vizinha e quem sabe, algo mais. Toquei a campainha e esperei atender. Vi de novo aquela menina, seus cabelos agora estavam pretos em um coque mal feito e ela tinha trocado de roupa, estava com um short curto, com uma blusa folgada, e pude ver seus olhos que estavam cobertos por um óculos branco de lente, seus olhos eram verdes-mar, eram extremamente lindos e me senti muito atraído por ela, sua pele era alva e estava pedindo para ser acariciando, sua boca era rosada e carnuda e com certeza estava pedindo para ser beijada algo que eu ia fazer em 1 minuto já que ela estava a uns dois centímetros de distancia, não me pergunte como estávamos assim, eu nem percebi. Ela corou violentamente e se afastou de mim, dando um sorriso tímido.
- Hm... Oi. – disse coçando a minha nuca, pois minhas bochechas estavam queimando, achei extremamente estranho, eu nunca tinha vergonha... Tá, pode me chamar de galinha e sem vergonha, ok?
- Oi. – ela disse, olhando para os pés.       
- Então, eu sou Diego Bass, seu novo vizinho, vi você chegando e quis me apresentar.
- Ah, sim, sou Sofia. – ela disse estendendo a mão. – Sofia Connor. – peguei a mão e como o cavalheiro que eu sou [ ou como você quiser me chamar] dei um beijo demorado e a vi corar mais.
- Então, Sofia, onde você vai estudar? – perguntei quando deixei a mão dela.
- Lautner High School.
- Que coincidência eu também estudo lá. E seu namorado e sua amiga? – disse ressentido, ela me olhou confusa por um minuto e depois começou a rir.
- Ops, desculpa, o Dan não é meu namorado, ele é só um amigo e sim, eles vão estudar lá.
 - Ah, desculpa. – disse pulando de alegria por dentro. – Então, nos vemos na segunda, ok?
- Ah, sim, e obrigado por vir me recepcionar, eu acho. – ela sussurrou a ultima parte, dei um sorriso e acenei, voltando para minha casa.   Acho seriamente que ia até a tal boate que o Hobert falou se não fosse a sacada de frente pro meu quarto se abrindo, revelando a garota mais linda que eu já vi, com apenas sutiã e um short. Ela me olhou por um minuto, corou novamente e fechou a cortina violentamente. Dei um sorriso de vitória e quase dancei a macarena, me joguei na minha cama torcendo para isso acontecer mais, mais, mais e mais vezes.


                                                          Mylena Rodrigues.
quinta-feira, 13 de outubro de 2011

postheadericon Uma bela e gostosa Vingança

AAAAAAAAAAAAAEEEEEEEEEEEEE, POVÃÃÃÃOOO... Eaaaai, alguém gostou da minha ultima postagem? Enfim, to ouvindo Let's Get Crazy de Hannah Montana :S Não me pergunte o porquê... Deu vontade. Quem assistiu o show do Justin? AAA, ele é um fofo. Então, já estão sabendo da minha história que vai ser postada todo domingo, né? Espero que vocês acompanhem, tipo, o Danilo, nosso designer e blogueiro, vai fazer tipo um marcador ali em cima, tá? Com o nome da historia e os capítulos e tal. Todo domingo, podem esperar por uma nova postagem, mas se tiver MUUUITOS comentários, possa ser que eu poste antes ;DD
Vou começar a resenha agora. Então, perceberam o título? Dramático, eu sei, mas é um 'tchan'. O nome é Doce Vingança e com a nossa P-E-R-F-E-I-T-A da Nora Roberts, que me fez aprender a tomar chás de final de tarde, e a desejar uma fazenda enorme no interior de Londres e me casar por lá, é. Enfim, esse livro foi muito marcante para mim, e foi por uma indicação de uma amiga. Ele é do tipo que envolve muito mistério e amor. Você ainda sai aprendendo um pouco mais sobre o século 19 ou 20, se não me engano, e ainda sobre a cultura dos Estados Unidos e dos países arábicos e sobre a religião do O Corão.
Os personagens principais são a Princesa Adrianne [diva da laje, do mar, de tudo] e o Philip Gostoso Gato Chamberlain, eles são um casal super fofo. Enfim, tudo começa com Phoebe, uma atriz consagrada nos Estados Unidos que se apaixona pelos encantos do rei Abdu, mas quando ela vai pro seu reino percebe que tudo não um conto de fadas e ele não é o principe que todas esperavam. Todos sabem que lá na Árabia, os homens podem ter até três mulheres, uma questão de cultura que não podemos discutir, mas com o tempo Phoebe percebe que ali é um inferno, e ela precisa fugir dali com sua filha, Adrianne, o que seria uma história de amor que saia nas capas de revistas e na televisão, virou um inferno tanto para Phoebe quanto para Adrianne. Elas conseguiram fugir [isso foi ótimo!], mas é quando Adrianne vê que sua mãe se drogava, ela gastava suas jóias e todo seu dinheiro em calmantes muuuuuuito fortes e bebidas alcoólicas, e logo depois em cigarros quando consegue fugir de Abdu [esse safado]. Adrianne conhece Philip que é um agente secrete [que sexy!], mas aposentado... Enfim, não vou contar a história toda, mas quem adora romance junto com um amor verdadeiro, T-E-M que ler, é super perfeito. É algo viciante com o tempo, sério, você não consegue largar o livro e tá sempre lá... Ele é pequeno, um pouco grosso, mas cabe na bolsa e quando for para um almoço chato ou uma viagem entediante, dá para você ficar lendo e ainda rindo sozinha [como eu] nas brigas bobas e fofas de Philip e Adrianne.
Nora Roberts é uma das autoras mais conhecidas dos Estados Unidos e S E M P R E está no New York Times, olha o poder, gente, ela é muito conhecida e tem mais de DEZ LIVROS em todos os lugares, ela adora triologia e estou começando a ler Laços de Fogos... Mas, nem comecei a ler ainda, to em tempo de prova e já viu, né? Enfim, é algo super viciante, você não pode deixar de ler.
Sinopse do livro:
Aos 25 anos, a Princesa Adrianne leva uma vida que a maioria das pessoas invejaria. Linda e elegante, passa os dias cuidando de obras de caridade e as noites circulando de uma festa elegante para outra. Mas sua posição de jovem rica e mimada é um artificio, um esforço calculado com o maior cuidado para esconder uma verdade perigosa.
Durante dez anos, Adrianne alimentou o desejo de vingança. Quando criança, testemunhou a crueldade que se escondia por trás da fachada real do casamento de conto de fadas de seus pais. Embora nada possa trazer de volta sua mãe, uma lendária estrela do cinema, Adrianne é consumida por um único pensamento: fazer o pai pagar pelo que fez.
Ele tem em seu poder um dos maiores tesouros, um fabuloso colar conhecido como O Sol e A Lua [aaaaa, eu quero um desse quem me dá? #mimimi], de valor inestimável. Mas não por muito tempo... pois Adrianne desenvolveu algumas habilidades muito especiais. Agora, ela está prestes a dar um passo final e irreversível.
Mas, quando se prepara para saborear a dice vingança, Adrianne conhece um homem que parece adivinhar todos os seus segredos. Inteligente, encantador e enigmático, Philip Chamberlain tem motivos pessoais para se aproximar da Princesa Adrianne. E só tarde demais ela perceberá o perigo oculto... ao descobrir que tem pela frente dois homens formiáveis, um com a capacidade de tirar sua liberdade, outro com o poder de tirar sua vida.
Com Doce Vingança, Nora Roberts cria uma história apaixonante e irresistóvel, que é impossivel parar de ler, muito menos esquecer.
Tudo que ele falou aí, eu concordo, simplesmete viciante e irresistível.
Espero que gostem e se leu, ou vai ler, deixa um comentário ai em baixo

Beeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeijo molhado para vocês <33
quarta-feira, 12 de outubro de 2011

postheadericon { Resenhaaa } Férias *------*

Oiiie gentee! Estava olhando os meus livros e pensei porque não falar de Férias?? Bem, por onde começar... Ele é um livro realmente muito polêmico, pois fala sobre Rachel Walsh uma mulher que passa por muitos conflitos em sua vida, por drogas, festas, sexo e amor... Ela realmente não era a melhor filha para seus pais, mais fazer o que? Ahh... Pelos deuses do Olímpio? , ela não escolheu ser a “ovelha negra” da família não, ta? Bom, voltando para o assunto de drogas, ela era uma consumidora compulsiva, tendo assim que quase morrer por uma overdose, de repente seus pais ligam e avisam que já compraram a passagem e ela vai voltar para casa, ao chegar ela tem uma grande surpresa, seus pais avisam que vão interná-la em uma clinica de reabilitação O Claustro.. _ Ahh, o que é que tem? Passar alguns dias onde os famosos se internam, vai que eu conheça algum la dentro? Se bem que parece mais um SPA do que uma clinica, com piscina, hidromassagem, saunas, entre outros... Ao chegar lá encontra outra nova surpresa e digamos que ela não vai ficar muito feliz não, principalmente ao saber que vai ter que acordar cedo para arrumar o café da manhã... Vê se pode? Uma mulher (que assim se diga com uma mente de uma criança) acorda cedo para arrumar café da manhã para o ‘povo’, já não fazia para ela mesma... Enfim como poderia aguentar aquelas sessões de grupo infernais, com aquela Josephine dos infernos e suas perguntas nada, digamos, angelicais (se deu para perceber eu o-d-e-i-o Cães infernas, é, bicho asqueroso) enfim... agrr... Ela odiava aquela mulher (se você presto muito atenção deve estar se perguntando, ou até afirmado mais por engano seu eu não errei em colocar um Pretérito imperfeito na frase não, ela odiava, éé só assim para acreditar em milagres, pois é... resumindo tudo, ela ira perceber realmente o valor que sua família tem, e da vida dela... e quem sabe até da sua ???
Agora vou falar um pouco pessoal meu... Como Mylena já disse, ela A-M-A o tio Riordan, eu A-M-O o tio Riordan, e Danilo A-M-A ele também, o que é que tem? Deixe-me sonhar um pouco com suas historias *----*, àsonhoà Quero viajar para Paris com ‘ele’ e ter uma cobra albina ß sonho ß P.S.: Eu não sou louca... Quem sabe um pouquinho... Mais não louca.
Adooorooo ler livros, minha diva é Avril Lavigne como Myle diz to mim sentindo uma diva da laje agora tenho meus três e únicos amigos verdadeiros (Já da pra saber que é né?... o terceiro é Yuri meu retardado que amo)                                                      E isso é só... Obrigada por gastar seu tempo comigo... Beijos, beijos, beijos...

postheadericon P.S.s: Tem novidades =P

Todo domingo, nossa diva Mylena ira publicar 1 capitulo de suas belíssimas historias... estamos muito ansiosos por isso e espero que vocês também estejam =)
Valeu pela atenção, e isso é só, beijos, beijos, beijos !!

postheadericon [Resenha] O herói perdido


Autor: Rick Riordan
Editora: Intriseca
Páginas: 432
Edição:1

Sinopse:
Depois de salvar o Olimpo do maligno titã Cronos, Percy Jackson e seus amigos trabalharam duro para reconstruir seu mais querido refúgio, o Acampamento Meio-Sangue. É lá que a próxima geração de semideuses terá de se preparar para enfrentar uma nova e aterrorizante profecia. Uma mensagem que pode se referir a qualquer um deles: "Sete meios-sangues responderão ao chamado. Em tempestade ou fogo, o mundo terá acabado. Um juramento a manter com um alento final, E inimigos com armas às Portas da Morte afinal." Os campistas seguirão firmes na inevitável jornada, mas, para sobreviver, precisarão contar com a ajuda de alguns heróis, digamos, um pouco mais experientes — semideuses dos quais todos já ouvimos falar... e muito.


Oi agora vou falar do livro héroi perdido uma continuação da serie Percy Jackson *-* minha série favorita ,filme favorito e o Tio Rick  (MOMENTO MYLENA)  é o meu escritor favorito.
O livro é super legal ação a todo instante , da pra le-lo sem ler os da serie Percy Jackson mais recomendo que leiam , um livro para quem gosta de imaginar as lutas fantásticas que acontecem em livro de ação eu gosto bastante do Rick Riordan , Por causa que ele abrange muito as mitologias romanas , gregas , egípcias ... 
De 0 a 10 minha nota é 11 kkkkkkk Muito bom!!!!!

postheadericon [Resenha]Sempre em frente


Autor: Roberto Shinyashiki
Editora: Gente
Páginas: 160
Gênero: Auto-ajuda
Edição: 1 


Sinopse:


O mundo de hoje está de cabeça para baixo. O mercado de trabalho está mais louco que nunca. Os relacionamentos afetivos estão em uma transformação absurda. Não é de surpreender que muitos jovens se sintam inseguros em relação a seu futuro, muitas vezes deixando até de realizar seus sonhos.
Sempre em frente! Neste livro Roberto Shinyashiki se coloca ao lado dos jovens e, com sua tradicional sabedoria, aponta caminhos e inspira realizações. Ele irá ajudá-los a tomar consciência de seu momento de vida e, principalmente, os convidará a perceber que são capazes de enfrentar o medo do futuro e de realizar seus sonhos.

Essa conversa é dedicada a quem quer mais da vida, pretende encarar os desafios e seguir sempre em frente.



Minha Opinião:


Oi gente esse é minha primeira resenha desculpa ai qualquer coisa , eu li este livro no colégio como trabalho de português,gostei bastante do livro mim ajudou bastante naquelas horas que você se pergunta será que eu vou ser alguém na vida ou coisa do tipo eu aprendi com esse livro que isso so depende dos nossos movimentos nós fazemos o final da nossa história nós fazemos nossa história então não faça amanhã o que você ainda pode fazer hoje! É isso galera até a próxima resenha espero que tenham gostado.



Meu Perfil

Minha foto
Danilo, Myle e Tayná
Aracaju, Sergipe, Brazil
Somos três amigos... Que dividimos o mesmo amor pela leitura eterna, leitura clássica, leitura moderna... Só estamos aqui para compartilhar um pouco do nosso conhecimento e do que gostamos com vocês.
Visualizar meu perfil completo

Facebook

Novidades do blog

Entre com seu e-mail:

Delivered by FeedBurner